Página:Obras poeticas de Ignacio José de Alvarenga Peixoto (1865).djvu/87

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
— 81 —

amante resentido da offensa de sua amada, trouxe-lhe com a desgraça a experiencia, cujos fructos são sempre amargos; d’ahi esses conselhos n’essas elegantes sextilhas, com uma graça, com uma naturalidade difficeis de se imitarem, n’um estylo todo familiar, repletas de annexins que estão nos mostrando o typo dos delatores que tão sanguenta peripecia preparárão a esse drama chamado conjuração mineira. »

(42) Foi baseado n’essas supposições feitas por alguem sem o menor fundamento que o Sr. Fernando Wolf disse na sua recente obra: « Son nom d’emprunt était probablement Eureste Phenicio. » V. Le Brésil littéraire, histoire de la littérature brésilienne, suivie d’un choix de morceaux tirés des meilleurs auteurs brésiliens. Berlin, 1 vol. in-4 °, 1865, chap. 7, p.74.
(43) Nas Obras poeticas de Silva Alvarenga, t. I, p. 11O, n. 91, demonstrei as difficuldades em que me achava a respeito da data e lugar da fundação da Arcadia ultramarina, bem como ácerca de alguns nomes pastoris, que ficárao subsistindo em pura perda dos verdadeiros nomes dos arcades; e, pelo contrario, os nomes pastoris que terião na Arcadia brasileira muitos de nossos poetas, e sobretudo Alvarenga Peixoto.

Depois de muitos estudos e pesquizas, vi que a elucidação da questão era de lodo em todo impossivel n’esta côrte por falta dos necessarios documentos. Lembrei-me que sendo a maior parte dos arcades ultramarinos tambem arcades romanos, talvez se pudesse obter da Arcadia de Roma alguns esclarecimentos. O meu amigo o Sr. Dr. Carlos Honorio de Figueiredo incumbio-se de escrever a seu illustre irmão, o Exm. Sr. José Bernardo de Figueiredo, encarregado dos negocios do Brasil nos Estados Pontifícios, pedindo-lhe as seguintes informações:

1° Quem erão os arcades de que se faz menção em obras impressas em 1768 sob os seguintes nomes: