Página:Os Vilhancicos.pdf/55

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
: OS VILHANCICOS : 51


1. Vem vozo aqui,
Que mim os chama.
Fancico, toca os pandeilo… lé! lé!
Belchiolo, toca os banza… lé! lé!
Gaspalo, quebra o tambolo… lé! lé!
E Flunando, toque os flauta… lé! lé!
E vamos toro aos Berem
Pala fazermo huns dança,
Aos Minina naciro,
Que a pletos e blancos sarva!


E em seguida, sob a rubríca Dança:


Izazú! como sar linda,
ai! lé!
Os minina que regala,
ai! lé!
Porque ça deitando huns oya,
ai! lé!
Que palece huns tocha clara
ai! lé!
Meus amolo sar nuzio?
ai! lé!
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .


No ano imediato e na mesma vetusta Sé coimbrã lá figurou de novo a scena dos Negros com um novo e não menos interessante movimento ritmico:


1. Olá pleto siolo alfele,
siolo sarzento?
Zuntamo hirmandale,
Chamamo rei Neglo,
Por ver nesse cazo,
Que hare nos fazelo, andar!
Todos: Que? aqui samo toros,
Siolo Thomé,
Diga vozo que quelé?