Página:Pacotilha poetica.pdf/109

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
105
zanga lhe causa?


HOMENS

8 Causa-vos zanga, meu nobre,
  Tudo o que é de obrigação;
  Que nada quereis fazer,
  Meu famoso mandrião.

9 O verdes que as lindas flôres
  Que lhe dais ella despreza;
  Se fosse feia inda um passe,
  Mas sendo bella, é dureza.

10 E' mandardes um bilhete
  Cheio de prosa e louvor...
  E quando pensais na resposta
  Voltar o tão lindo amor!

11 E'... meu Deus, que dura sorte
  Serdes cá de certo lote,
  Daquelles que por miseria
  Já não pregam mais calote.

12 E' vêl-a falar com outro,
  Com outro sempre a sorrir,
  No emtanto que para vós
  Nem o bico sabe abrir!

Pacotilha poetica typographic ornament 30.png