Página:Pacotilha poetica.pdf/134

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
130
Que vicio tem que


SENHORAS

2 O de estar sempre mordendo
  Vossos beiços arroxados.
  Bordão de que já se riem
  Dous de vossos namorados.

3 Que ides ouvir missa
  Não dais lá muita attenção;
  A vossa alma se perde
  Por causa do coração!

4 Dizem que quando falais
  Usais de um certo bordão;
  Se quereis que não critiquem
  Falai com mais attenção.

5 Um orgulho desmarcado
  E' só o vosso defeito,
  A ignorancia é a causa
  Que produz tão grande effeito.

6 Mentis! Mentis por demais,
  Pois não se fala em namoro
  Que não inventeis mil casos
  A favor! Que desaforo!

7 Um, aquelle que vos disse;
  Um, aquelle que aqui passa;
  Tende mão, e corrigi-o,
  Evitai vossa desgraça.