Página:Pacotilha poetica.pdf/161

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
157
nos despachos?


HOMENS

8 Não espereis por despacho
  Senão de moça bonita;
  Os outros... são cousas de velhas
  Em que ninguem acredita.

9 O destino ha de abrandar-se,
  E para vós será grato,
  Que ainda por um despacho
  Sereis capitão do matto.

10 O vosso caro despacho
  Depende agora de um sim;
  Não o lavrará um ministro,
  Porém meigo Serafim!

11 Alerta! De noite e dia
  Sobe do ministro a escada;
  E no dia dos despachos
  Lereis nos diários— NADA!

12 Póde ser que algum ministro,
  Tal cousa venha a fazer;
  Dar fitas a um basbaque
  Que nem sabe o que ha de ser!

Pacotilha poetica typographic ornament 25.png