Página:Pacotilha poetica.pdf/169

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
165
campar de ter juizo?


HOMENS

8 Não tendes, que por asneiras
  Mereceis ainda bolos,
  Que nessa cachola immensa
  Nem sequer tendes miolos.

9 Em o Diario do Rio
  Vai, amigo, annunciando
  No lugar em que diz— perdas,
  Que o juizo andas buscando.

10 Nascestes sem ter juizo;
  Crescestes inda peior;
  Agora campais de tel-o!
  Fostes á lua, senhor?

11 Quem despende em puro jogo,
  O pouco para o preciso,
  Campe embora, que não tem
  Nem sabe o que é juizo.

12 Se sois tôlo? Pois pensais
  Que tendes cheia a cachola?
  Fôra preciso que a lua
  Indemnisasse tal bola.

Pacotilha poetica typographic ornament 24.png