Página:Pacotilha poetica.pdf/194

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
190
Por quem na morte


SENHORAS

2 Por um velhinho, senhora,
  Que será vosso marido;
  Mas quando será, senhora,
  Se o tempo inda é tão comprido?

3 Por elle — que vos adora,
  Quando de vós não se esquece,
  Pois outra que não sois vós
  O coração lhe entristece.

4 Por vossas caras amigas,
  Que sentirão na verdade
  Ver morta aquella que é hoje
  O arrimo da humanidade.

5 Ha quem vos ame, menina,
  Lá no Sacco da Gambôa;
  Depois que morta sejais
  Vos chorará tal pessoa.

6 Por um que muito devoto
  Em pedir esmolas é,
  Que vos adora em segredo,
  Ah! é o padre Quelé.

7 Dobrarão os sinos todos,
  Os padres lá rezarão,
  Por dinheiro — que de graça
  Chorada não sereis, não.