Página:Pacotilha poetica.pdf/198

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
194
Que vezes casará


SENHORAS

   Uma sómente, senhora,
   E muito feliz sereis,
   Para nutrir vosso genio
   Serios ciumes tereis.

3 Não sei, pois creio, senhora,
   Que nunca sereis viuva;
   Morrereis, e brevemente,
   Por causa de muita chuva.

4 Cada anno que ha de vir
   Novo marido tereis;
   E de cada um dos defuntos
   Com umfilhoficareis.

5 Não tereis, senhora, o gosto
   De vosso esposo enterrar;
   Elle sim, depois de vós
   Ha de ainda com tres casar!

6 Caluda! Senhora minha,
   Não se casa sem namoro,
   E vosso pai não consente
   No que tem por desaforo.

7 Uma só; com o vosso esposo
   Constantemente sereis;
   Rica e amada, bella e moça,
   Só com um filho ficareis.