Página:Pacotilha poetica.pdf/222

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
218
Se casará cá ou lá com


SENHORAS

2 Casareis cá, com de cá,
  Com formoso mocetão;
  Que ha de ter sua mania
  De pretender ser barão.

3 Cá, com de lá, que um pelludo
  Deseja bem vossa mão;
  E' feio como um diabo,
  Mas tem meigo coração!

4 Com de lá? — não, minha amiga,
  Não vistes essa amarella?
  Raspou a muitos de lá
  Como quem raspa canella!

5 Lá com um de cá! Esperai,
  Que dá muita volta ao mundo,
  E na Europa vivereis
  Com marido sem segundo!

6 Cá com um chegado ha pouco
  Brevemente casareis,
  E os vossos tristes peccados
  Com elle bem pagareis!

7 Cá com de lá; mas, senhora,
  Na escolha tende cuidado,
  Que um esturdio, porco e rude
  Vos está predestinado!