Página:Pacotilha poetica.pdf/226

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
222
Quem presente lhe


SENHORAS

2 Ninguem aqui tem razão
  Para odio vos votar;
  Mas ha quem saiba em segredo
  Puro amor vos tributar.

3 Aqui está quem vos ama;
  Tem a mão posta no rosto:
  O homem morre de amores,
  O tolo não tem máo gosto.

4 Ha aqui quem vos deixe
  Pelo bem que já vos quiz;
  Tem razão, que o desprezado
  Tem-se em conta de infeliz.

5 Não ha; aqui igualmente
  Sois por todos estimada;
  Mas está daqui distante
  Esse por quem sois amada.

6 Tem bigode; é moço claro,
  E no vosso amor tem fé;
  Cavalleiro tão constante
  Vós assaz sabeis quem é!

7 Ama-vos um certo moço
  Que por vós, suspira assaz;
  E' um velho, que por velho
  Só suspira por detrás!