Página:Pacotilha poetica.pdf/239

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
235
neste momento?


HOMENS

2 Evitai uma belleza
  De olhos negros qual jacú,
  Que será p'ra vós de genio
  Feroz qual surucucú.

3 De cães damnados? Não sei!
  De touro bravo? Não sei!
  Porém sei que de uns olhinhos
  Soberanos como um rei!

4 Fugi do cholera-morbus,
  Fugi de febre amarella,
  Não escapareis, amigo,
  De certa dôr do canella.

5 Encontrar frades na rua
  Mortos de febre amarella,
  Meirinhos á vossa porta,
  Moça bonita a janella.

6 Escreverdes ás meninas
  No que haveis facilidade,
  Pois que além de azas
  Facadas custar-vos ha de.

7 O não ser oomprehendido
  Na vossa boa intenção;
  A moça zomba pensando
  Que em vós tudo é logração.