Página:Pacotilha poetica.pdf/254

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
250
Se enferdado virá


SENHORAS

2 Por serdes quem sois, senhora
  Enfardada inda sereis,
  E pelo vosso marido
  Seus peccados pagareis.

3 Breve vireis enfardada
  Por cousa já bem sabida;
  E o máo é que por defesa
  Jámais achareis sahida!

4 De ciumenta a Pacotilha
  O alcunha vos ha de dar;
  Será justo?... Aqui existe
  Quem diz que ha de protestar.

5 Falará de vós sómente
  Quando de um baile tratar;
  Não temais que o Sr. Antonio
  Ha de a agulha vos poupar.

6 Por causa daquella flôr,
  Que déstes a certo moço,
  Vereis que empacotilhada
  Causareis grande alvoroço.

7 Vossos olhos meigos ternos,
  Inspiram tanta paixão...
  Que o Sr. Dr. Miguel
  Já lá tem certa tenção!