Página:Pacotilha poetica.pdf/261

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
257
devoção ou outra cousa?


HOMENS

8 Vossa devoção, amigo,
  Não passa de mui profana,
  Ides á missa sómente
  Para ver certa sultana.

9 Por devoção, não por certo,
  Por outra cousa, isso sim;
  Mas inda era bem, meu amigo,
  Que a cousa ha de ter bom fim.

10 Namorais no Provisorio,
  E não contente, senhor,
  Ainda fazeis da igreja
  O templo de vosso amor!

11 Atraz de certa beata,
  Ides sempre mui lampeiro,
  Ella é feia, porém vós
  Namorais o seu dinheiro.

12 Por devoção? Meu amigo,
  Ao contrario eu advinho;
  Com os olhos nas galhetas
  Adorais somente o vinho!

Pacotilha poetica typographic ornament 41.png
17pag.