Página:Pacotilha poetica.pdf/268

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
264
Da sociedade em geral


34 D'antes um grande theatro
     Dava muito que fazer,
     Hoje n'um triz se alevanta
     Que é mesmo um gosto isto ver.

35 Apenas lá na capella
     Se ouvia cantar de graça
     Essa gente sem ser gente
     Por sua triste desgraça.

36 Hoje temos os cantores
     Do velho mundo afamados,
     Embora por fatal sina
     Alguns estejam enterrados.

37 Quem se visse antigamente
     Em os dias de calor!
     Se limonadas tomava
     Mais lhe corria o suor.

38 Hoje tem tantos recursos,
     Que causam a gente espanto;
     Bebe neve ou sorve gelo,
     E isto tudo por encanto!

39 Se quer banhar-se nas aguas,
     Do mar que salgadas são,
     Tem á mercê de alguns cobres
     As barcas que ahi estão.