Página:Pacotilha poetica.pdf/270

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
266
Da sociedade em geral


46 Temos pontes de despejos,
     Embora distantes sejam
     De muitos que outras pontes
     Por outras praias desejam.

47 Calçadas... oh! que calçadas
     De ferro, de pedra e lama,
     Que a attenção dos estrangeiros
     Attrahem e nos deixam fama!

48 Antigamente eu só via
     Andar-se de cadeirinha,
     Hoje, como diz o Inglez,
     «Tudo tem sua carrinha

49 Que meu avô fosse vivo,
     Como não passearia
     Em tantos carros da moda
     Por uma ridicularia!

50 Elle que só possuia
     O seu macho tão manhoso
     Para ir á sua chacara
     Por um caminho arenoso!

51 E se visse minha filha
     Corresponder-se com flores
     Sem mugir e sem tugir
     Como os nossos palradores!...