Página:Pacotilha poetica.pdf/31

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
27
ou no falar?


HOMENS

2 Sois um grulha desmedido,
  Falais pelos cotovelos,
  Mas vos trahis tão sómente
  Pelos vossos olhos bellos.

3 Namorado sem ventura,
  Nem sabeis sequer olhar,
  Pensais que piscando o olho
  E' que deveis namorar.

4 No olhar, ah! nem por sombra,
  Inda menos no falar;
  Porém dais taes pisadellas,
  Que é de bestas o namorar.

5 Quereis passar por nascido
  Nesta bella e boa terra,
  Mas a lingua, meu amigo,
  Por aspera, constante erra.

6 Calado sois muita cousa,
  Tendes ar de figurão,
  Falais.. adeus encommendas!
  Não passais de um paspalhão!

7 No riso sempre sardonico,
  Que reflecte o coração!
  Ah! vós não podeis ser bom,
  Não me enganais a mim, não.