Página:Pacotilha poetica.pdf/94

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
90
Se amor lhe dará


SENHORAS

2 Amor sempre é tentação
   Em que se mette o diabo,
   Que põe no gosto o desgosto,
   Põe na honra o menoscabo.

3 Durante a lua de mel
   Gozareis summas doçuras!
   Depois nem tudo são rosas,
   Nem tudo são só venturas.

4 O amor é puro gosto,
   Duro desgosto tambem;
   Soffrereis e gozareis
   Ora mal e ora bem.

5 O amor começa rindo,
   E rindo lá chega ao meio
   Mas por fim choramigando
   Acaba com o rosto feio.

6 Muito gosto, mas cautela,
   Não vos fieis em amor;
   Olhai que sempre o prazer
   Termina em cruenta dôr.

7 Gosto, e por toda a vida,
   Nascido só da candura
   De um amor todo delicia,
   De um amor todo doçura.