Página:Pacotilha poetica.pdf/99

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
95
ou estando serio?


HOMENS

2 Sério, que o riso nas faces
  Faz de um sabio um papelão,
  Que ri-se de quanto vê,
  Quer tenha quer não razão.

3 O riso é proprio dos homens,
  E serio foi sempre o burro...
  E' muito justo que serio
  Vos conserveis, meu casmurro...

4 Vossa graça é muito séria,
  Vosso serio é gracioso;
  Não me entendeis? Sois um tolo,
  Desfructavel, gracioso.

5 Serio não, risonho sim,
  Que ella gosta bem do riso,
  Pois as faces patenteiam
  Coração de paraiso.

6 Vós de serio nada tendes,
  Salvo se fazeis mareta;
  De risonho ainda peior,
  Que sois cara de careta.

7 Risonho, sempre risonho,
  Corado qual pimentão.
  Porque ficará mais bello
  Assim o vosso carão.