Página:Quatro regras de diplomacia.pdf/41

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


QUATRO REGRAS

DE

DIPLOMACIA




II

Ser Leal


Diz Machiavelli que os homens são tão parvos, tão sujeitos aos apertos do momento, que quem engana achará sempre quem se deixe enganar[1]. Será assim; mas enganar por miudo não é tão facil como enganar por atacado, e elle fallava n'este sentido. Alem do quê os homens com quem o Agente Diplomatico é chamado a negociar, pertencem de ordinario à classe mais esclarecida da nação.

Os mais dextros na arte de illudir, não conseguem por muito tempo encobrir as armas com que lidam; poisque, como bem diz Tacito, pela vista e pela pausa se revela a

Rule Segment - Wave - 40px.svg Rule Segment - Wave - 40px.svg Rule Segment - Wave - 40px.svg Rule Segment - Wave - 40px.svg Rule Segment - Wave - 40px.svg Rule Segment - Wave - 40px.svg Rule Segment - Wave - 40px.svg Rule Segment - Wave - 40px.svg Rule Segment - Wave - 40px.svg Rule Segment - Wave - 40px.svg Rule Segment - Wave - 40px.svg Rule Segment - Wave - 40px.svg Rule Segment - Wave - 40px.svg Rule Segment - Wave - 40px.svg Rule Segment - Wave - 40px.svg Rule Segment - Wave - 40px.svg Rule Segment - Wave - 40px.svg Rule Segment - Wave - 40px.svg Rule Segment - Wave - 40px.svg
  1. «Sono tanto semplici gli uomini, e tanto obediscono alle necessità presenti, che colui che inganna, troverà sempre chi si lascerà ingannare.» Il Principe, c. 18.