Página:Stradelli 1929 vocabularios.djvu/8

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Esta página contém uma imagem. É necessário extraí-la e inserir o novo arquivo no lugar deste aviso.

O conde Ermanno Stradelli, de nacionalidade italiana, era portador de um nome assás conhecido no Brasil, principalmente no extremo Norte, onde viveu a maior parte da sua existencia.

Foi para o Amazonas, ha mais de cincoenta annos, ao serviço da commissão de limites entre o brasil e a Venezuela, commissão de que era chefe o barão de Parima e de que faziam parte os srs. Thaumaturgo de Azevedo, Dionysio de Cerqueira, José Jardim e outros ilustres techinicos.

Stradelli fez, então, o levantamento do Rio Branco. trabalho minucioso de que resultou a correcção de muitos dados da velha carta de Lobo de Almada. Em viagens successivas percorreu depois varios outros rios, entre os quaes o rio Negro, o Solimões e o Purús. Essas viagens o identificaram com a vida e os costumes dos sertões amazonicos; o conde Stradelli começou a interessar-se pelos varios dialectos indigenas e bem cêdo foi colhendo os dados necessarios para a publicação de um livro sôbre a linguagem das tribos com que procurava viver em contacto.

Em meio á vida intensa que levava, nunca exqueceu esse proposito. Onde quer que encontrasse indios, acêreava-se deles com a habilidade compativel com a natural desconfiança dos selvicolas e, depois de fazer-se familiar, ia colhendo tudo que pudesse enriquecer e melhorar o precioso thesouro linguistico que desde muito vinha accumulando.

O conde Stradelli era formado em direito pela universidade de Bolonha. No Amazonas entregou-se a trabalhos de advocacia, mas a sua actividade não parava ahi: continuou a dedicar-se no estudo geographico da região amazonica e, após meticulosas observações pessôaes e informações fidedignas, fez o mappa do Estado, trabalho cuja excellencia logo se impoz e que é hoje adoptado nas escholas públicas.

No campo das lettras juridicas produziu tambem varias monographias e estudos e durante muitos annos exerceu o cargo de promotor público em Teffé.