Página:Til (Volume III e IV).djvu/193

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


que se revelava pela primeira vez à sua alma; e o enlevo durava ainda no momento em que se trocava com Linda frases truncadas.

A moça havia tirado do seio o cravo branco e respirava-lhe o aroma, roçando-o pelos lábios.

— Não disse o que significa? insistiu Miguel.

— O senhor sabe.

— Eu não! respondeu o moço com um sorriso.

— Sabe sim!

Houve uma pequena pausa, durante a qual a palavra adejou nos lábios de Miguel, enquanto na alma de Linda já ressoava a sua doce melodia.

— Casamento? balbuciou uma voz submissa.

Linda velou-se em uma nuvem de