Página:Til (Volume III e IV).djvu/343

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


— É preciso, Miguel. Quem há de consolar sua mãe?

— Coitada! murmurou o moço.

E afastou-se da casa para não ouvir os soluços de nhá Tudinha. Berta o seguiu.

Por algum tempo caminharam os dois em silêncio, par a par escutando as emoções que falavam dentro d’alma opressa. Uma lágrima tremia-lhe nas pálpebras prestes a estalar.

— Se você tivesse querido, Inhá, disse timidamente Miguel, poderíamos ser tão felizes!...

— E você não é, Miguel? perguntou Berta fitando nele um olhar melancólico.

— Sou! respondeu o moço com um suspiro.

Houve um novo e longo silêncio. Foi Miguel quem outra vez rompeu: