Página:Til (Volume I e II).djvu/108

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


para folgarem pela grama ensaiando os primeiros voos.

— Que fingido é você, mano! dizia Linda. Quando eu lhe perguntei se vinha passear, respondeu-me “se quiser” e estava morrendo!

— Com pena de uma certa pessoa, que não fazia senão olhar lá para a figueira.

— Que história! disse Linda corando.

— Eu respondi “se quiser” mesmo de propósito; para ver sua tenção. Você não disse ontem que sou eu quem vai todos os dias para aquele lado?

— E é, sim.

— Deveras! sustente outra vez, e verá se não volto.

— Não, meu maninho do coração, não se zangue. Eu prometi a Berta que hoje havia de ir sem falta. Ela está nos esperando. Vamos; sim?

— Primeiro há de pôr