Página:Til (Volume I e II).djvu/324

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


que jamais lhe perdoaria?

Eis a ânsia em que se debatia a alma de Jão Fera.

Após longa obsessão, ergueu-se impelido por uma ideia, que de repente acudira, e sem despedir-se partiu. Saído ao terreiro, no lugar onde há pouco se encontrara com Barroso, seus olhos baixos deram com um objeto, que lhe causou reparo. Era uma bolsa de couro, e parecia recheada de moedas.

— Ó Chico!

Acudindo o vendeiro, Jão empurrou com a coronha do bacamarte a bolsa:

— Guarda isto para entregar àquele safado!

Não tinha andado cem braças o capanga, quando ouviu os psius do Tinguá a chamá-lo. Era o caso que sentindo o