Página:Til (Volume I e II).djvu/88

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Nenhum destes fez reparo no desastre acontecido ao Brás, naturalmente porque semelhantes desaguisados eram tão frequentes, que já se contava com eles. E então buscavam todos modos de disfarçar, não só para não contrariar ainda mais D. Ermelinda, como para evitar as represálias de que servia-se o pequeno contra qualquer ralho ou motejo.

Dessa vez ficou na garfada à perna da Rosa, que lá se foi coxeando para a camarinha, examinar o arranhão. Entanto o Brás, rachando a meio um pão, e metendo em cada bolso uma banda, levantava-se da mesa para ganhar o quintal pela porta da cozinha.

Repetindo Luís Galvão o seu amoroso remoque à inquietação da mulher, esta não se conteve, que não lhe replicasse.

— Tem razão de zombar, Luís! Devo