Página:Ultimos Sonetos.pdf/100

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
94
ULTIMOS SONETOS


Tudo em que tócam logo transfiguram,
Encantam tudo, tudo em torno apuram,
Penétram, sem cessar, por toda a parte.

Alma por alma em toda a parte inflammam
E grandes, largos, immortaes, derramam
As melancholicas estrellas d'Arte!