Página:Ultimos Sonetos.pdf/120

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
114
ULTIMOS SONETOS


É sempre sonho e tambem é piedade,
Doçura, compaixão e suavidade
E graça e bem, misericórdia pura.

Uma harmonia que dos anjos désce,
Que como estrella e flor e som florésce
Maravilhando toda a creatura!