Página:Ultimos Sonetos.pdf/15

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


PIEDADE


O coração de todo o ser humano
Foi concebido para ter piedade,
Para olhar e sentir com caridade,
Ficar mais doce o eterno desengano.

Para da vida em cada rude oceano
Arrojar, atravez da immensidade,
Táboas de salvação, de suavidade,
De consolo e de affecto soberano.