Página:Ultimos Sonetos.pdf/168

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
162
ULTIMOS SONETOS


Sorrir, amar para alargar os mundos
Do Sentimento e para ter profundos
Momentos e momentos soberanos.

Para sentir em torno á terra ondeando
Um sonho, sempre um sonho além rolando
Vagas e vagas de immortaes oceanos.