Página:Ultimos Sonetos.pdf/27

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


GLORIA!


Florescimentos e florescimentos!
Gloria ás estrellas, gloria ás aves, gloria
Á natureza! Que a minh'alma flórea
Em mais flores flori de sentimentos.

Gloria ao Deus invisivel dos nevoentos
Espaços! gloria á lua merencórea,
Gloria á esphéra dos sonhos, á illusória
Esphéra dos profundos pensamentos.