Página:Ultimos Sonetos.pdf/88

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
82
ULTIMOS SONETOS


Essas irmãs furtivas das estrellas,
Se não formos depressa defendel-as,
Morrerão sem encanto e sem carinho.

Paladinos da limpida Cruzada!
Conquistemos, sem lança e sem espada,
As almas que encontrármos no Caminho.