Quand'eu podía mia senhor

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Quand'eu podía mia senhor
por Joan Lopez d'Ulhoa


Quand'eu podía mia senhor
veer, ben desejava entón
dela eno meu coraçón;
e non quería ja melhor
de lhe falar e a veer
e nunca outro ben haver.

Chorand'entón dos olhos meus,
con tanto ben desejava al!
E sofro agora muito mal;
e non querría máis a Deus
de lhe falar e a veer
e nunca outro ben haver.

Eu perdía entón o sén
quando lhe podía falar,
por seu ben, que me desejar
faz Deus, me fezesse este ben
de lhe falar e a veer
e nunca outro ben haver.