Reflexões sobre a Vaidade dos Homens/CXLVII

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Reflexões sobre a Vaidade dos Homens por Matias Aires
[147]


Dion Crisóstomo, na fé das tradições Egípcias, diz que Helena sendo pedida pelos maiores Príncipes da Ásia, e Grécia, casara por ordem de seu pai Tíndaro com Alexandre, filho de Príamo; e que aqueles Príncipes irritados da preferência, fizeram guerra a Tróia; e que enfraquecidos depois pela peste, e fome, e juntamente pelas suas mesmas dissensões, concluíram a paz com os Troianos, em cuja memória tinham feito fabricar um cavalo de madeira, donde se escrevera em grossas letras, a forma do Tratado; e que finalmente não podendo o cavalo entrar pelas portas da Cidade, se havia aberto um pedaço de muralha por onde ele passasse. Porém Pausânias diz o contrário; e segura que o cavalo de Tróia não fora mais do que uma máquina de bronze, que ele vira em a Cidadela de Atenas; e que tinha servido naquela guerra, como de instrumento bélico, para arrombar, e destruir os muros.