Relação da entrada que fez o excellentissimo, e reverendissimo senhor D. Fr. Antonio do Desterro Malheyro

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Relação da entrada que fez o excellentissimo, e reverendissimo senhor D. Fr. Antonio do Desterro Malheyro (...) por Luís Antonio Rosado da Cunha
Relação da entrada que fez o excellentissimo, e reverendissimo senhor D. Fr. Antonio do Desterro Malheyro (...)
páginas Capa-xxii

RELAÇAÕ
DA ENTRADA QUE FEZ
O EXCELLENTISSIMO, E REVERENDISSIMO SENHOR
D.FR. ANTONIO
DO DESTERRO MALHEYRO
Bispo do Rio de Janeiro, em o primeiro dia deste prezente Anno de 1747. havendo sido seis Annos Bispo do Reyno de Angola , donde por nomiação de Sua Magestade, e Bulla Pontificia, foy promovido para esta Diocesi.
COMPOSTA PELO DOUTOR
LUIZ ANTONIO ROSADO DA CUNHA
Juiz de Fóra, e Provedor dos defuntos, e auzentes, Capellas, e Residos do Rio de Janeiro.


*
RIO DE JANEIRO
Na Segunda Officina de ANTONIO ISIDORO DA FONCECA.

Anno de M. CC. XLVII.
Com licenças do Senhor Bispo.
RELAÇAÕ
DA ENTRADA QUE FEZ
O EXCELLENTISSIMO, E REVERENDISSIMO SENHOR


D.FR. ANTONIO
DO DESTERRO MALHEYRO
Bispo do Rio de Janeiro , em o primeiro dia deste prezente Anno de 1747. havendo sido seis Annos Bispo do Reyno de Angola, donde por nomiaçaõ de Sua Magestade, e Bella Pontificia, foy permutado para esta Diocesi.


C

OM a noticia de estar nomeado ha mais de hum anno Bispo desta Diocesi, o Excellentissimo, e Reverendissimo Senhor D. Fr. Antonio do Desterro, que actualmente na Cidade de Loanda , estava com o mesmo emprego , se alvoracaraõ os animos destes povos, na esperança de conseguirem hum Prelado, cheyo de tantas prendas , quantas fe contem em taõ qualificado fugeito , e recebida na dita Cidade de Loanda , a mesma noticia , e Bulla de permutaçaõ no anno antecedente , determinou sua Excellencia Reverendissima o seu transporte para esta Cidade , com sentimento universal daquelle Reyno , e viageando para este porto , chegou a elle em o primeiro de Dezembro de 1746. com a felicidade , que appetecia a nossa espectativa, fazendo-se esta mais dezejada pela antecedencia de huns tristes augurios , causados de alguns dias de demora com que sua Excellencia Reverendissima , excedeo o commum desta viagem , e por se dizer que sua Excellencia Reverendissima , naõ podia tomar este porto , o grande affecto do Illistrissimo , e Excellentissimo Capitaõ General, destas Capitanias , Gomes Freyre de Andrade , cuydou em livrar de mayor cuidado a este Povo , como tambem a seu disvelo ; mandando com toda a pressa , preparar hum Hiate , de Sua Magestade , que se achava neste porto vindo da Corte , hum mez antes , e nelle fez embarcar , Joseph Fernandes Pinto Alpoim Cavalheiro Professo na Ordem de Christo , Tenente General de Mestre de Campo , e Sargento Mòr da Artelharia , e mais alguma comitiva , afim de que sahisse pela barra fòra , e buscasse as Ilhas de Maricà , onde corria voz , havia arribado sua Excellencia Reverendissima , e que tendo feliz encontro , o houvesse de transportar no mesmo Hiate , para esta Cidade , e com effeito Surcando parte de algumas Ilhas , por naõ encontrar o navio , que procuravaõ , cuja devisa o faria certo , voltou no mesmo dia para dentro , por achar favoravel o vento , e se avaliou por apocrypha a nova , que na Cidade corria ; porèm na segunda feyra ao meyo dia , fez sinal a Fortaleza de Santa Cruz , para esta Cidade , de haver chegado à Barra sua Excellencia Reverendissima , e logo o Illustrissimo , e Excellentissimo Governador , e Capitaõ General , se embarcou no escaler , e acompanhado dos Tenentes Generaes , foy levado ao Navio , e junto à Barra o tomou , afim de comprimentar a sua Excellencia Reverendissima , e continuando a viagem para terra pelo rio assima , concorria multidaõ de povo , às prayas ao som dos belligeros eccos com que as Fortalezas , e Navios , falvavaõ a sua Excellencia Reverendissima , e dando fundo junto à Ilha das Cobras , concorreu o Governador do Bispado , que actualmente exercia , o Conego Doututal Henrique Moreira de Carvalho , a comprimentar a sua Excellencia Reverendissima acompanhado do Reverendo Arcidiago, o Doutor Jozè de Sousa Ribeiro de Araujo , e outros Capitulares , que por parte do seu Cabido , faziaõ o mesmo obsequio , e assim destes como dos Ministros , Prelados , e Nobreza , recebia com inexplicavel benevolencia , este cortejo.

E como tinha destinado para seu apozento interino , o Govento de S. Bento , por ter filho deste grande Patriarca , junto à noite , passando-se ao Escaler do Governo , acompanhado do Illustrissimo , e Excellentissimo General , Governador do Bispado , Ministros , e Conegos Capitula-lares , se recolheu ao mesmo Convento , no qual esteve alguns dias , recebendo os parabens , que lhe rendiaõ as suas ovelhas.

E por ser tão estimavel esta chegada , em o dia II. do mesmo mez de Dezembro , se preparou , e deu principio a huma noite Attica , na reprezentaçaõ da Opera intitulada Felinto Exaltado , com excelente Musica , e os reprezentantes especiosamente vestidos , que no luzido das pedras , com que se guarneciaõ , mostravaõ o brilhante deste acto , ao qual assistiraõ Suas Excellencias , Mestres de Campo , Ministros , Religioens , e Nobreza , convidados pelo Doutor Juiz de Fòra , que pelo affecto , e obrigaçaõ a sua Excellencia Reverendissima , lhe permittiu este obsequio claustral , sendo para os assistentes de contento este agradavel passatempo ; e finalizada com agrandioso pucaro de agua , que sua Excellencia Reverendissima offertou ao Illustrissimo , e Excelentissimo Governador , e Capitaõ General , se deu por completa a funçaõ.

E como da fadiga da viagem , quizese sua Excellencia Reverendissima , descançar , antes de fazer a primeira entrada nesta Cidade , mandou tomar posse do seu Bispado , pelo Governador , que havia ficado delle , o Doutoral Henrique Moreyra de Carvalho , assistindo o Illustrissimo , e Excelentissimo General , com o luzido concurso desta Cidade , e sendo preciso a sua Excellencia R. tomar algum remedio brando , que os Medicos , lhe applicaraõ , para se segurar da indisposiçaõ , com que no mar hum difluxo o havia opprimido ; demorou o gosto de se fazer publico a este Povo , dando-o mayor na extensaõ do tempo , para que a sua entrada , se houvesse de fazer apparatosa , o que naõ poderia ser em breves dias , motivo porque prefinito o tempo para a entrada , se formaraõ sete Arcos , sendo o primeiro no fim da ladeira de S. Bento , por onde sua Excellencia R. havia de dar a sua entrada para a Cathedral , movidos os Coraçoens de seus Authores , pela efficacia, e rogativa , com que os homens de negocio , sem vexame do Povo , podiaõ fazer esta grandiosa ostentaçaõ , na expressaõ com que os moveo o Doutor Ouvidor Geral Manoel Amaro Pena de Mesquita Pinto , que uniformes condescenderaõ à execuçaõ do seu empenho.

Oito dias antes participou sua Excellencia R. ao Governo , Camera , e Cabido , que no primeiro de Janeiro determinava fazer a sua entrada , a qual se effeituou na maneira seguinte.

Avistaraõ-se pelo Doutor Vigario Geral de sua Excellencia R. e por iditaes , os Clerigos , e Confrarias , para que se achassem pelas duas horas da tarde , no Convento de S. Bento , donde em acto processional acompanhariaõ a sua Excellencia R. para a sua Cathedral , e para haver de lograr-se o vistoso apparato , e magnificencia dos Arcos , por onde se havia fazer a Procissaõ, no mesmo dia de menhaa se descobriraõ estes primorosamente ornados , como tambem as ruas , e janellas , que estas de ricas tapeçarias , e aquellas de alcatifadas flores , que por ordem do Senado se mandaraõ assim preparar , faziaõ huma agradavel prespectiva aos que as viaõ , e pelas duas horas mandou o Illistrissimo , e Excellentissimo General bordar as mesmas ruas com os tres Terços pagos comandados pelos seus Mestres de Campo Mathias Coelho de Sousa , Pedro de Azambuja Ribeiro , e Andrè Ribeiro Couttinho , o dos Auxiliares , por Joaõ Aries de Aguirra , e a Cavallaria , pelo seu Coronel Matthias de Castro de Morais Sarmento e Pimentel , e assim disposta a foldadesca , junto às tres horas sahio da Caza do Governo o nosso Illustrissimo , e Excellentissimo Capitaõ General , em hum rico pacabote a quatro , com dous cavalos à destra , acompanhado de huma esquadra, para o lugar do Convento de S. Bento ; onde se achava sua Excellencia R. e depois de o comprimentar , montado a cavallo , e acompanhado dos Tenentes Generaes , varios Officiaes , e da mesma esquadra , desceu a ver as ruas , e forma com que se acahava a foldadesca , em cujo luzimento tanto se tem empenhado o seu zelo , e achando-as na regularidade das suas ordens , se recolheu novamente ao Convento , para acompanhar a sua Excellencia R.

Pelas 4. horas da tarde sahio da Caza da Camera o Senado , com o Estandarte , e por naõ haver Alferes proprio da cidade; elegeu o mesmo Senado ao Doutor Ignacio Jozé da Motta Leyte , Cavalleiro na ordem de Christo , Cidadaõ , e Procurador , que tinha sido o anno passado para que o levasse , acompanhando os Cidadoens para o lugar de S. Bento , para assistencia desta entrada , pela participaçaõ , que lhe fez sua Excellencia R, e conduzido sua Excellencia R. para o Altar Mayor afim de se practicarem as ceremonias do Ritual Romano , se revestio de Pontifical , e à porta principal do Convento o esperou o Senado , para receber a bençaõ de sua Excellencia R. onde se achavaõ oito Cidadoens, para pegarem nas varas do Pallio , como se lhes havia determinado , e o Illistrissimo Excellentissimo General , e Senado , seguiraõ processionalmente asua Excellencia R. e por que nesta Cidade se achava Joaõ Malheiro Reymaõ Pereyra , Fidalgo da Caza de sua Magestade ; Irmaõ de sua Excellencia R. Ouve por bem o mesmo Excellentissimo , e R. Senhor , que pela razaõ do vinculo , lhe fervisse de seu Caudatario , e ao chapeo , Christovaõ Monis Barreto de Menezes , e na Capa Viatoria , Thomaz de Gouvea Coutinho, que o affecto , e distinçaõ de suas possas os dispos para este emprego , que sua Excellencia R. lhes destinou, e assim disposta esta lustrosa entrada , chegou sua Excellencia R. ao primeiro Arco, de taõ elevada altura , quanta se comprehende em 80. palmos, tendo 40. de largura , cujos pedestaes , e remates se enlaçavaõ com especiosa seda de matizes , com guarniçoens de franjas , e galoens de prata , e taõ custosamente a dornado , que a mesma natureza devia comtemplar o especioso delle , e chegando sua Excellencia R. a este maravilhoso protento , em quanto a Musica , em suaves metros , mostrava a gratulaçaõ deste dia , em que Juno se empenhava pela felicidade , que à imitaçaõ dos Romanos , em hum tal mez se lhes prosperava , desciaõ dous Anjos de huma nuvem de taõ rara louçania , e taõ bello alinho , que parece o mesmo Iris os produzio , e descendo junto ao Pallis , tributaraõ a sua Excellencia R. os ductos , e oblaçoens do seu amor.

Em distancia de 50. passos se havia formado o segundo Arco , com naõ menos Arquitetura , pois tinha de elevado 90. palmos , e de largura 50. taõbem de lustrozas sedas. Continuava o terceiro Arco , no meyo da rua direita , cuja construcçaõ podia compitir com huma das sete maravilhas do Mundo , por ser toda a sua Arquitetura Corinthia, tendo as medidas como pedia a arte , pois se formava em quatro faces , e de altura levava 106. palmos , e de circunferencia 50. e porque a obsequiosa demonstraçaõ de seus Authores , se naõ dava completa se naõ fosse exquisita a sua fabrica , cogitaraõ , que nos bordados , e tecidos de Arachne eraõ diminutos enfeites para o seu desempenho ; porque sò na especialidade da vistosa louça da India , achavaõ o luzimento desta portentosa , e elevada machina, e assim todo este excelço monte formaraõ destes embutidos, postos com taõ rara energia , que quanto mais se contemplava , mais a admiraçaõ crescia , e para que esta invençaõ de Venus, e Flora , naõ tivesse o dezar de arguhida , antes que na sua formusura crescesse desta manufactoria composiçaõ o elogio , junto aos angulos , e convexos do mesmo Arco , estavaõ duas fontes , que no cristalino de suas correntes , e susurro , que em si faziaõ attrahiaõ os passos dos caminhantes vendo-se hum prado ameno , e delicioso com vistosas flores , que Pomona preparara , estando este jardim de Flora , ornado de sonoras melodias , que ao som dos instrumentos repetiaõ alegres prazeres , e jubilos estimaveis , em applauso de sua Excellencia R. fazendo-se esta estancia deliciosa , e peregrina , pelo copado de huma parreira , que punha em mayor amenidade o sitio que naõ havia parte nelle , que naõ fosse de admiraçaõ e de enveja aos Architetos famigerados.

Seguia-se o quarto Arco , que tinha de altura 60. palmos e 40. de largo com tanta candura , que parece Neptuno se empenhou na formaçaõ deste edificio ; pois se elevava em encrespadas espumas , formadas nas mais finas cambrayas , que a natureza creou , que matizadas estas de igneas cores , e pendentes de inchadas nuvens , se viaõ preciosas peças , de prata , sendo este circulo hum sinal da paz , que a filha de Thaumante , com este Principe , felicita.

Naõ menos engraçado se via o 5 Arco , que por ser de branda sera com especialidade se forinou para hum tal dia , como symbolo , geoglifico do nosso preclarissimo Prelado , que sendo arminho porpuro, serà brando por essencia , tendo de altura 50. palmos com 30. de largo.

Em pouca distancia deste se admirava o sexto Arco de magnifica corpolencia , formando-se na altura de 60. palmos , e de largo 40. vendo-se hum Ceo ceruleo , que no brilhante das estrellas , de que se adornava , narravaõ a gloria deste firmaménto , e para que em tudo fosse Ceo esta scientifica fabrica , naõ só flores delle se esparsiaõ hum engraçado duo , em que felicitavaõ ao som do toque de Orpheo , os coraçoens de seus Arquitetos a sua Excellencia R.

Fechava estes lustres o 7. Arco , que tinha por empreza , e divisa a da Justiças , cuja obra por pertencer a Minerva tanto tinha de Dorica , como Jonica , pois para o seu enfeyte , e sua duraçaõ se apuraraõ os Zeuzes dos nossos tempos para o engroçado das suas pinturas, e perpetuaçaõ da sua rebustes , pois em 70. palos de altura , queria elevar-se ao mesmo impyrio , levando do centro da terra, esta fabrica a mesma habitaçaõ da Deusa Astrea , que nos seus capiteis , com o Imperador Justiniano , estavaõ como de cadeira dictando os dogmas mais puros , governo de hum taõ preclaro Prelado , ornando-se o suave das Leys com o doce do mètrico , que os Musicos entoavaõ em applauso do nosso inclito Pastor , com varios Epigrammas Latinos , em que Apollo influiu os divinos espiritos dos engenhos , que cantavaõ seu louvor.

Concluindo-se estas sete maravilhas , nos seus remates , com a insignia mitral , e engrandecidas tarjas as armas dos Malheiros , e Reymoens , solar da illustre casa de sua Excellencia Reverendissima , na Provincia do Minho , na sempre nobre , leal , e engraçada Villa de Viana.

Chegou em fim sua Excellencia Reverendissima , à sua Cathedral , onde à porta principal o esperou o Deaõ da mesma Sé , e com a devida genuflexaõ deu a sua Excellencia Reverendissima , o aspersorio, e preparado o Turibulo , se lhe deraõ os ductos na forma , que determina a Igreja , e levado ao Altar do Sacramento , onde fez oraçaõ , se entoou a dous Coros de Musica , o Te Deum laudamus , e passando-se ao Altar Mòr , se fizeraõ as mais ceremonias da Igreja , com a recitaçaõ da Oraçaõ , e com a bençaõ por sua Excellencia Reverendissima ao povo , se conduzio para o lugar do Docel, acompanhado dos Conegos Assistentes , e pelo Mestre das ceremonias , foy levado do Arco Cruzeyro , em que se achava , o Illustrissimo , e Excellentissimo Capitaõ General , ao lugar , onde sua Excellencia Reverendissima estava , para que na bençaõ paternal , e osculaçaõ do anel , se encendessem novos affectos com esta cordial demonstraçaõ , e acompanhado para o lugar , continuou o Cabbido , e como se achavaõ presentes os Ministros , e Senado , foraõ pelo mesmo Mestre das ceremonias conduzidos , acompanhando a mesma osculaçaõ o Estandarte , a receber de sua Excellencia Reverendissima , participando a mesma graça , às pessoas nobres , Religioens , e Clerezia , dando-se fim a esta lustroza funçaõ , como este indulto de sua Excellencia Reverendissima , que despido dos habitos Pontificaes , pelos Conegos Assistentes , tomaraõ logo a capa viatoria da maõ de Thomaz de Gouvea Coutinho , e lançando-a aos hombros de sua Excellencia Reverendissima , se poz a caminho para o seu Palacio , disparando ao mesmo tempo as salvas , que os Terços tinha ordenado o Illustrissimo , e Excellentissimo Capitaõ General , que sendo no estrondo taõ uniformes , faziaõ estupefados os ouvidos , e naõ menos da engenhosa invençaõ das peças de artelharia , que ao mesmo tempo despediaõ de si varios tiros , e como da Sé , ao Palacio de sua Excellencia Reverendissima , haja alguma distancia , se meteu sua Excellencia Reverendissima , na sua liteyra , com seu Caudatario , e montado o Illustrissimo , Excellentissimo Capitaõ General , em hum galhado bruto , acompanhado dos Tenentes Generaes , e mais Officiaes , se poz diante da liteira em marcha , e algumas pessoas em carruagens , e reta goarda a Cavallaria , comandada pelo seu Coronel , the o lugar do apozento , e habitaçaõ de sua Excellencia Reverendissima , e por que naõ fosse sò o dia que gozasse tamanho bem , quiz a noite mostrar-se lizonjeita com o luzimento das luminarias , e repiques , com que a Cidade applaudia esta appetecida entrada de sua Excellencia Reverendissima.




F I M.


excellentissimo, e reverendissimo senhor


D

iz Antonio Isidoro da Fonceca , que elle pertende imprimir a Relaçaõ incluza, mas como naõ esteja inda revista por Vossa Excellencia tanto como Inquizidor Delegado , como Ordinario , para se ver se tem cousa , que offenda a nossa Santa Fè,


O muito R.
P.M.Christo-
vaõ Cordeiro,
veja o papel incluzo.
D. Fr. Antonio
do Desterro.

P

EDE a V Excellencia R. que vista que seja a dita Relaçaõ naõ tendo couza contra os bons costumes, conceda V Excellencia a dita graça por ser obra volante.



APPROV AC,AM DO M.R.P.M. CHRISTOV AM
Cordeiro & c.

V

I , e li o papel incluso , e naõ achey nelle cousa alguma contra a nossa S. Fé , e bons costumes. Collegio do Rio 21. de Janeiro de 1747.


Christovaõ Cordeiro

P

ODE-SE imprimir , e naõ correrà sem ser revisto para vèr se está conforme o Original. Rio 18. de Janeiro de 1747.



D. Fr. Antonio do Desterro.


E

STA conforme o Original impresso. Rio de Janeiro 7. de Fevereiro de 1747.



Christovaõ Cordeiro.


V

ISTO estar conforme o Original pòde correr. Rio de Janeiro 7. de Fevereiro de 1747.


D. Fr. Antonio do Desterro.