Em Tradução:Sobre a ação política da classe trabalhadora

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sobre a ação política da classe trabalhadora
por -Friedrich Engels



Registros feitos pelo autor da fala na sessão da Conferência de Londres 21 de setembro de 1871


Primeiro edição: No núm. 29 da revista Kommunistícheski Internatsional, 1934.


A abstenção absoluta na política é impossível; todos os jornais de abstencionistas também fazem política. A essência da questão consiste unicamente em como o fazem e que política fazem. Para nós a abstenção é impossível. O partido trabalhador já existe como partido político na maioria dos países. E não seremos nós, que os destruiremos, pregando a abstenção. A experiência da vida atual, a opressão política a que são submetidos os trabalhadores pelos governos existentes, tanto com fins políticos como sociais, os forçam a se dedicar à política, querendo ou não. Pregar a abstenção significaria jogá-los nos braços da política burguesa. A abstenção é completamente impossível, ainda mais depois da Comuna de Paris, que colocou a ação política do proletariado na ordem do dia.

Nós queremos a abolição das classes. E qual é o meio para alcança-lá? O domínio político do proletariado. E quando, em todos os lugares, estiverem de acordo sobre isso, nos pedem que não nos misturemos na política! Todos os abstencionistas chamam um ao outro de revolucionários e até de revolucionários por excelência. Mas a revolução é o ato supremo da política; e o que quer, deveria querer os meios, a ação política que a prepara, que proporciona aos trabalhadores a educação para a revolução e sem a qual os trabalhadores, no dia seguinte da briga, serão sempre enganados pelos Favre e Pyat.

Em tradução...