Trazes um manto comprido

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
(Trazes um manto comprido)
por Fernando Pessoa
Quadra escrita por Fernando Pessoa. Agrupada postumamente (em 1965) como Quadras ao Gosto Popular.[*]

Trazes um manto comprido
Que não é xaile a valer.
Eu trago em ti o sentido
E não sei que hei de dizer.