Viagens de Gulliver/Do Editor para o Leitor

Wikisource, a biblioteca livre
< Viagens de Gulliver
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Viagens de Gulliver
por Jonathan Swift
Do Editor para o Leitor


Do Editor para o Leitor
InicialO.svg
autor destas Viagens, Sr. Lemuel Gulliver, é meu antigo e íntimo amigo, há também alguma relação entre nós por parte de mãe. Cerca de três anos atrás, o Sr. Gulliver, cansado do assédio de pessoas curiosas que íam procurá-lo em sua casa, em Redriff, adquiriu um pequeno pedaço de terra, com uma casa confortável, perto de Newark, em Nottinghamshire, sua terra natal, onde ele vive hoje afastado, embora muito estimado pelos seus vizinhos.

Embora o Sr. Gulliver tenha nascido em Nottinghamshire, onde viveu o seu pai, tenho ouvido ele dizer que a sua família veio de Oxfordshire, cuja confirmação observei no pátio da igreja de Bandury desse condado, diversos túmulos e monumentos dos Gullivers.

Porém, antes de deixar Redriff, ele deixou em minhas mãos a custódia desses documentos, com a liberdade de dispor delas da forma que desejasse. Eu as examinei cuidadosamente durante três vezes. O estilo é muito claro e simples, e a única falha que encontrei é que o autor, à maneira dos viajantes, é um pouco detalhista por demais. Há uma atmosfera de verdade aparente com relação ao todo, e de fato o autor estava tão convencido de sua veracidade, que acabou se tornando uma espécie de provérbio pelos seus vizinhos de Redriff, quando alguém afirmava qualquer coisa, por exemplo, isso era tão verdade como se fosse dito pelo Sr. Gulliver.

Ao conselho de diversas pessoas conceituadas, a quem, com a permissão do autor, mostrei estes documentos, aventuro-me agora a enviá-las para o mundo, esperando que elas sejam, pelo menos por algum tempo, um entretenimento melhor para os nossos jovens nobres do que os rabiscos habituais dos políticos e do partido.

Este volume teria sido pelo menos duas vezes maior, se eu não tivesse tido a coragem de excluir inúmeros relatos sobre os ventos e as marés, bem como às variações e vicissitudes nas diversas viagens, além das minuciosas descrições no manejo dos navios durante as tempestades, no estilo usado pelos marinheiros, da mesma forma a descrição das longitudes e latitudes, embora eu tenha razão para entender, que o Sr. Gulliver possa ficar um pouco insatisfeito. Mas eu havia decidido adequar o trabalho tanto quanto possível à capacidade geral dos leitores. Todavia, caso o meu desconhecimento a respeito de assuntos marítimos tenha me levado a cometer alguns equívocos, somente eu devo ser responsabilizado por isso. E se algum aventureiro tiver a curiosidade de ver todo o trabalho por inteiro, como o recebi das mãos do autor, estarei à disposição para obsequiá-lo.

Com relação a qualquer particular sobre o autor, o leitor encontrará as respostas desde as primeiras páginas do livro.



Richard Sympson