Wikisource:Esplanada/Sentença de 1833 sobre estupro

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Existe um famoso texto que circula na internet desde pelo menos 2002, descrevendo uma sentença da Justiça quanto a um estuprador. É, no mínimo, muito interessante: http://www.conjur.com.br/2002-ago-03/decisao_1833_manda_castrar_homem_atrevimento. Existem dúvidas a respeito da veracidade desse documento, mas de qualquer forma gostaria de consultar os colegas aqui sobre se acham que merece inclusão no Wikisource ou não.

Na minha visão, de duas uma: 1) ou a sentença é real e os direitos autorais do juiz expiraram faz tempo; 2) é uma farsa e o autor é desconhecido, e se vier a reivindicar os direitos autorais, podemos remover o texto (e assim desfazer o embuste). O que acham? @555, Almondega:, dois dos mais ativos usuários aqui. NMaia (discussão) 16h52min de 20 de junho de 2016 (UTC)

@NMaia: A meu ver, há suficientes indícios de que se trata de um hoax e acho que deveríamos evitar a propagação do boato. --Almondega (discussão) 17h19min de 20 de junho de 2016 (UTC)
  • Materiais de processos legais é sempre interessante serem acompanhados da digitalização dos originais, para que uma das partes não tenha como tentar falar que os usuários que editaram esses conteúdos estão difamando alguém. A imagem que há no Boatos.org não daria pra ser usada, já que aparenta ser recorte de um jornal, mas não se fala de qual, data de publicação etc. Claro, estou ignorando a possibilidade de ser ou não um hoax ao falar isso, mas tudo indica mesmo que seja um. Nesse caso, o máximo que dá para ser feito é incluir alguma espécie de menção em Wikisource:Piadas foleiras e outros disparates apagados, citando trechos ao invés da "decisão" na íntegra. Isso, claro, se achar que é conveniente deixar ilustrado em algum lugar um exemplo de material que até poderia ser PD-old, mas que é falso e de publicação anônima/pseudônima. Lugusto 04h29min de 21 de junho de 2016 (UTC)