A' um menino

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A' um menino
por Pedro de Calasans
Poema agrupado posteriormente e publicado em Parnaso Sergipano

Na maciez do alvo braço,
De tua mãe no regaço
Dermes, infante, a sonhar ;
Teu sonho é placido e liso
Que um angelico sorriso
Te vem nos labios pairar.

Dormiste aos beijos maternos ;
Entre carinhos tão ternos
Como è doce o teu dormir !
Quando accordares sorrindo,
Verás o semblante lindo
De tua mãe a sorrir.

Dorme em socego, menino,
Pois no livro do destino
Tens um destino feliz.
Dorme em completo abandono,
Dourado seja o teu somno
Dos sonhos pelo matiz.