A Cigarra e a Formiga

Wikisource, a biblioteca livre
Ir para: navegação, pesquisa
A Cigarra e a Formiga
por La Fontaine


<poem> Uma cigarra feliz Passou o verão se divertindo, E no primeiro dia de inverno, Viu que estava faminta, De carne e pão Nenhum pedaço tinha! Então como pedinte foi À sua vizinha formiga Para pedir emprestado Um pouco de trigo para comer Até a estação acabar. "Eu lhe pagarei", disse ela "Com palavra de animal Duas vezes a mais Antes da colheita acabar." A formiga gosta de ajudar (E possa a auxiliar) Dando um pouco para emprestar "Como passou o verão?" Perguntou sem hesitação À pedinte de pão "De dia e noite cheguei Cantando o verão passei." "Você cantava? Agora terás que dançar."

Heckert GNU white.svg Este trabalho foi publicado nos termos da GNU Free Documentation License.