Agora ssey que maldade

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Agora ssey que maldade
por João de Meneses
Cantiga publicada em 1516 no Cancioneiro Geral de Garcia de Resende.


Agora ssey que maldade
fyz a mym em vos querer;
aguora sey a verdade,
que vejo com que vontade
folgastes de me perder.

Se t'aquy por vos sentya
tristeza, pena, payxam;
polo bem que vos queria
esperava e mereçia
dardes m'outro galardam.
tinha posto na vontade,
servirvos atee morrer;
mas depoys soub'a verdade
e acho que mor maldade,
c'a qu'eu fiz nam pode ser.