Archivo nobiliarchico brasileiro/Lisbôa (Joaquim Miguel Ribeiro)

Wikisource, a biblioteca livre
< Archivo nobiliarchico brasileiro
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Archivo nobiliarchico brasileiro
José Smith de Vasconcelos e Rodolfo Smith de Vasconcelos
Lisbôa (Joaquim Miguel Ribeiro)


LISBÔA. (Joaquim Miguel Ribeiro). Baptisado na freguesia de S. João Baptista, de Nictheroy, Rio de Janeiro.

Filho de Miguel Maria Lisboa, Barão de Japurá, natural da cidade do Rio de Janeiro, do Conselho de S. M. o Imperador, Grande Dignitario da Ordem da Rosa, Commendador da Ordem de Christo, Env. Extraordinario e Ministro Plenipotenciario do Brasil nos Estados Unidos; e de D. Maria Isabel de Andrade Lisboa, natural desta cidade. Neto paterno de José Antonio Lisboa, natural desta cidade, do Conselho de S. M. o Imperador, Commendador da Ordem de Christo; Deputado da Junta do commercio, agricultura, fabricas e navegação, o qual foi chamado, no Conselho do Senhor D. João VI, a dar conselho no Conselho de Estado daquelle Augusto Senhor, e no reinado do Senhor D. Pedro I, Ministro e Secretario de Estado dos Negocios da Fazenda; e de D. Maria Euphrasia de Lima Lisboa, natural da Provincia do Rio Grande do Sul.

Neto materno de João José de Andrade Pinto, natural de Lisboa, Fidalgo Cavalleiro da Casa Real de Portugal, Gentil-Homem da Imperial Camara, Commendador da Ordem de Christo, Official da da Rosa, e de D. Maria José de Paiva e Andrade, natural da cidade da Bahia, Dama Honoraria de S. M. a Imperatriz.

Bisneto paterno do Capitão José Antonio Ribeiro, natural de Famalicão, Portugal, Cavalleiro Professo na Ordem de Christo, e de D. Barbara da Conceição de Jesus, natural da Ilha do Pico; tambem bisneto pela parte paterna do Capitão Francisco Marques Lisboa, natural de Portugal, Cavalleiro Professo na Ordem de Christo, e de D. Euphrazia de Azevedo Lima, natural da Provincia do Rio Grande do Sul.

Bisneto pela parte materna de Caetano José de Campos e Andrade, natural de Lisboa, Fidalgo Cavalleiro da Casa Real, Guarda Roupa de S. M. Fidelissima, e de D. Isabel Germana Jorge, natural de Lisbôa; tambem bisneto materno de Antonio Soares de Paiva, natural da villa da Colonia, na Provincia de Montevidéo, e de D. Bernardina de Azevedo Lima, natural da Provincia do Rio Grande do Sul.

Terceiro neto paterno de Manuel Luiz Seraphim Ribeiro e de D. Maria Ribeiro Fidalgo, terceiro neto pela parte paterna de Luiz Marques de Oliveira, Capitão-Mór de Famalicão, e de D. Thereza Ribeiro Fidalgo, e tambem terceiro neto, tanto pela parte paterna como pela materna, de Domingos de Lima e Veiga, natural de Portugal, e Escrivão da Junta da Fazenda, da Provincia de S. Paulo, e de D. Gertrudes de Araujo Paes Leme, natural de Sorocaba, S. Paulo; e tambem terceiro neto pela parte materna de José Caetano Sergio de Andrade, natural de Lisboa, Fidalgo Cavalleiro da Casa Real e Guarda Roupa de S. M. Fidelissima, e de D. Helena Rita Seixas de Andrade.

Quarto neto paterno de Manuel Luiz Ribeiro, e de D. Seraphina da Conceição; e tambem quarto neto pela parte paterna de Manuel Francisco Arrojado, filho segundo do Morgado da Quinta dos Arrojados, e de D. Isabel Ribeiro Fidalgo; e tambem quarto neto pela parte paterna, como pela materna, de Marçal de Lima, natural de Portugal e descendente dos senhores de Ponte de Lima; e tambem quarto neto, tanto pela parte paterna como pela materna, de Pedro de Araujo Paes, natural de S. Paulo, e de D. Marianna Leme Garcia; e tambem quarto neto pela parte materna de Caetano de Andrade Pinto, natural de Portugal, Fidalgo Cavalleiro da Casa Real, Guarda Roupa de S. M. Fidelissima, e Aio do Senhor D. José I, e de D. Maria Theresa Leonor da Veiga e Cidade.

Quinto neto pela parte materna de Manuel Campos e Andrade, natural de Lisboa, Fidalgo Cavalleiro da Casa Real e Guarda Roupa de S. Magestade Fidelissima.

Sexto neto pela parte materna de João Campos e Andrade, Fidalgo Cavalleiro da Casa Real e Contador do Reino.

BRAZÃO DE ARMAS: Escudo esquartelado: no primeiro quartel as armas dos Ribeiros, — em campo de oiro tres faxas verdes. No segundo as armas dos Limas, que são partidas em tres palas; a primeira de Aragão, quatro faxas vermelhas; e nas outras duas palas, o escudo esquartelado dos Silvas, isto é, em campo de prata um leão de purpura, armado de azul. No terceiro as armas dos Andrades, — em campo verde uma banda de góles acoticada de oiro, com duas cabeças de serpes. No quarto quartel as armas dos Pintos, — em campo de prata, cinco crescentes de lua de góles, póstos em aspa. Timbre: o dos Oliveiras, uma aspa de prata com uma flôr de liz de ouro. (Brazão passado em 20 de Agosto de 1864. Reg. no Cartorio da Nobreza, Liv. VI, fls. 64).