Archivo nobiliarchico brasileiro/Ramalho (Barão de)

Wikisource, a biblioteca livre
< Archivo nobiliarchico brasileiro
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Archivo nobiliarchico brasileiro
José Smith de Vasconcelos e Rodolfo Smith de Vasconcelos
Ramalho (Barão de)


RAMALHO. (Barão de) D.r Joaquim Ignacio Ramalho.

Nasceu em S. Paulo, em 6 de Janeiro de 1809.

Filho de José Joaquim de Souza Saquette, de nacionalidade hespanhola.

Casou com D. Paula da Costa Ramalho, que era viuva do Tenente Manuel José de Brito.

Doutor em sciencias juridicas e sociaes pela Academia de S. Paulo, em 1835, foi lente dessa Academia, Presidente do Instituto dos Advogados, em 1875, quando foi installado em S. Paulo.

Foi Presidente da Provincia de Goyaz em 1845, era do Conselho de S. Magestade, Commendador da Imperial Ordem de Christo, Official da Imperial Ordem da Rosa.

CREAÇÃO DO TITULO: Barão de Agua Branca por decreto de 7 de Maio de 1887, decreto este que foi substituido pelo de 28 de Maio do mesmo anno, creando-o Barão de Ramalho, por ter declarado que só acceitaria o titulo se fosse mudado para o de Ramalho, em attenção ao apelido da familia que o creára e educára.