As organizações no ciberespaço/VI

Wikisource, a biblioteca livre
< As organizações no ciberespaço
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
As organizações no ciberespaço: o caso da estruturação e da manutenção de uma comunidade virtual não-monetária
por Pietro Fornitano Roveri
VI — A Organização dos Pares na Wikipédia


71 VI A ORGANIZAÇÃO DOS PARES NA WIKIPÉDIA "Cada um é livre para ocupar como quiser as horas compreendidas entre o trabalho, o sono e as refeições, a fim de que todos, liberados de seus ofícios, possam se dedicar a uma boa ocupação de sua escolha." A Utopia, Tomás Morus Um dos expoentes da produção por pares, da economia da doação e das comunidades virtuais é o objeto de estudo deste trabalho: a Wikipédia. É atualmente a maior enciclopédia digital em número de verbetes escritos e sua credibilidade aumenta com o amadurecer de seus colaboradores, os chamados wikipedistas. Assim como qualquer enciclopédia, seu objetivo fundamental é reunir e organizar o conhecimento da humanidade, entretanto de forma livre e aberta. A Wikipédia é um projeto sem fins lucrativos criado e mantido pela Wikimedia Foundation, a fundação reúne, além do projeto enciclopédico, os projetos: Wikcionário, Wikiquote, Wikilivros, Wikisource, Wikimedia Commons, Wikispecies, Wikinews e Wikiversidade, além do software MediaWiki. A fundação é gerida por um conselho de diretores, entretanto estes não interferem na linha editorial de cada projeto, deixam que o consenso entre os integrantes prevaleça. Em março de 2008, a Wikipédia possuía 9.790.407 artigos em 256 línguas, destes 363.323 em linguagem lusófona1. Se difere das outras enciclopédias por não possuir um conselho editorial e pelo modelo autoral baseado na liberdade de cópia, distribuição e alteração. Ao contrário da Enciclopédia de Diderot, escrita por nomes como Rousseau, Voltaire e Montesquieu, na Wikipédia qualquer pessoa pode incluir um novo verbete ou alterar algum já existente, cada leitor é um potencial colaborador. Porém há uma espécie de regulação automática onde deve prevalecer o consenso. Ao navegar pelo site é possível encontrar uma página onde são relatadas suas maiores qualidades, segundo o próprio projeto2 1 < http://en.wikipedia.org/wiki/Wikipedia:Multilingual_ranking_March_2008> 2 <http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikipedia:Por que a Wikipedia é tão fantástica> Acesso em 16 mai. 2008.

72 e são elas: Facilidade para edição; Baixo índice de burocratização; Não obrigatoriedade nas tarefas; Conteúdo aberto; Melhoria gradual e contínua dos artigos; Atração de pessoas com nível intelectual elevado; Crescimento exponencial, em março de 2008 cresceu 2%; Aumento no número de visitas; Formato digital; Política de massificação do conhecimento; Fruto de trabalho coletivo. O site se baseia na plataforma wiki, uma palavra derivada da expressão havaiana wiki- wiki que significa "rápido". Para Spyer (2007), um wiki possui características que possibilitam constante edição e escrita colaborativa sem que haja a necessidade de muito conhecimento técnico. Basta que o usuário acesse o botão "editar" presente na página desejada e, assim, realizará sua alteração. Outro usuário poderá vir e re-editar esta mesma página ou, ainda, acessar o botão "histórico" para reverter a alteração anterior. Ou seja, qualquer um pode editar ou desfazer qualquer edição, inclusive vândalos ou pessoas tendenciosas. Ao leitor, pode parecer que essas facilidades culminam numa guerra editorial e a credibilidade de qualquer wiki será colocada em xeque. Entretanto, há um terceiro botão, "discussão" que direciona o usuário para uma página de discussão sobre aquela página ou artigo, lá são realizados os debates e embates referentes às divergências editoriais. Em alguns casos, mediadores eleitos pela própria comunidade são chamados para auxiliar na discussão e, em casos extremos, as páginas são bloqueadas por administradores -- também eleitos -- e sua edição fica impossibilitada. Na Figura 1 é possível verificar as funcionalidades descritas.

73 Figura 1: Exemplo de página wiki O software utilizado é o MediaWiki, software livre, desenvolvido e mantido pela Fundação Wikimedia em conjunto com seus colaboradores. Há uma espécie de hierarquia e classificação na Wikipédia em relação às permissões de uso do software e o tipo de usuário3, o nível mais elevado é o de steward são, atualmente, 36 usuários (incluindo o fundador do projeto, Jimmy Wales) que podem dar ou remover de forma arbitraria os outros níveis hierárquicos aos usuários. Geralmente, são usuários de grande notoriedade na comunidade, que participam de vários projetos da Fundação Wikimedia e com atuação em diferentes línguas. Possuem grande afinidade pelos ideais que motivaram o surgimento da Wikipédia e não perdem seus cargos. Em seguida aparecem os desenvolvedores (developers) responsáveis pelo desenvolvimento do software MediaWiki. Ainda, existem os oversights que são os usuários com permissão para deletar o histórico de uma página, isso significa apagar completamente algo da Wikipédia sem possibilidade de reversão pelos outros usuários, apenas os 3 <http://pt.wikipedia.org/wiki/Predefinição:!usuários> Acesso em 16 mai. 2008.

desenvolvedores podem reverter essa ação. Pode parecer uma função arbitrária, entretanto só é realizada no caso de alguma violação de direito autoral ou outro ato ilegal, de forma a não ser mais possível que o fato se repita.

Outro nível nas permissões do software são os burocratas, eles possuem permissão para elevar qualquer usuário ao nível de administrador ou de burocrata — desde que aprovado pela comunidade - , suas permissões não podem ser revogadas a não ser por um steward. São escolhidos por votação na comunidade e só podem se candidatar usuários que já possuam o nível de administrador. Na Wikipédia lusófona existem[1] burocratas e os mandatos expirarão no dia 5 de novembro de 2008, com novas eleições em seguida.[2]

Os administradores são os que possuem os direitos de operação do sistema, em geral, qualquer usuário reconhecido pela comunidade como seu membro e possua um histórico de contribuições relativamente relevante. É uma indicação política e fundamentada no mérito das contribuições e engajamento no projeto, são atualmente 69 administradores e possuem as permissões para proteger e desproteger páginas, editar em páginas protegidas, eliminar páginas e suas histórias, apagar imagens e bloquear endereços de IP, visualizar páginas e imagens eliminadas e restaurar eliminações5. Geralmente, utilizam essas funções em casos de guerra editorial, vandalismo ou violações autorais.

Ainda, existem os usuários registrados e os anônimos que podem inserir, editar, discutir e reverter qualquer artigo que não esteja protegido. Os registrados podem participar da comunidade e, após um certo grau de participação, votar e ser votado. Contudo, a Wikipédia não se trata de uma democracia, as votações só devem ocorrer de maneira consultiva como forma de facilitar a obtenção de um consenso. Eram, aproximadamente, 12.000 em fevereiro de 2008.[3]

Um usuário que deseja participar da comunidade efetivamente e gozar de direitos 75 políticos precisa realizar um cadastro simples, porém não há nenhum termo de compromisso que ele deve aceitar. Após realizado o cadastro visualizará a seguinte mensagem de boas- vindas: "A Wikipédia existe desde janeiro de 2001. Desde então, e após várias discussões, foram sendo estabelecidos princípios que devem guiar o proje(c)to. O que se segue é uma compilação não exaustiva da filosofia da wikipédia. Por favor, reserve alguns minutos do seu tempo para a leitura dos textos de apoio antes de começar sua colaboração, que esperamos frutuosa, na Wikipédia." (WIKIPEDIA, 2008) Neste momento o novo usuário é convidado a ler e refletir sobre as políticas pré- estabelecidas, porém, diferente do que acontece na maioria dos sites que oferecem algum serviço na rede, não há um "termo de uso" que prevê regras e sanções. Esse fato não implica na ausência de regras e sanções, contudo demonstra ao novo usuário que há um processo de construção permanente destas políticas e o induzem a buscar por informações para, caso julgue cabível, as contestar num processo de debates, onde deverá prevalecer o consenso. O consenso é considerado como uma das bases do projetos7 e é obtido de maneira contínua durante os processos decisórios referentes à comunidade e no decorrer das edições dos artigos. Cada artigo representa o consenso num determinado momento, ele poderá mudar e poderá ser discutido em qualquer momento. Em casos extremos os administradores utilizam seus poderes no software para bloquear uma página que sofre uma guerra editorial. De acordo com a própria Wikipédia, um consenso não significa necessariamente que todos concordam com o resultado, porém todos concordam em tolerar e conviver com este resultado, ainda que temporariamente até que haja mais argumentos para alterar o consenso. A Figura 2 extraída do site indica como ocorre e se modifica um consenso: 7 <http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikipedia:Consenso> Acesso em 22 de mai 2008.

Figura 2 — Como ocorre o consenso

Figura 2 — Como ocorre o consenso

Ainda, existem outras políticas que norteiam o projeto e se dividem em: políticas de comportamento, de conteúdo ou estilo, de exclusões, de garantias das políticas, de apoio às decisões e de direitos autorais. Todas estas devem garantir a qualidade dos artigos, sua confiabilidade, legalidade e a continuidade do projeto. Direcionam, não somente as ações dos usuários comuns, mas sobretudo, as condutas dos usuários com maiores liberdades no uso do software.

Há uma página dedicada a informar o que a Wikipédia não pretende fazer[4]. Desta forma, se evitam especulações daqueles alheios à comunidade em relação ao que ela se propõe. Dentre outras informações indicam que a Wikipédia não é um dicionário, não é uma fonte primária de dados, não é uma anarquia, não é uma democracia, não é uma sociedade secreta e não possui conteúdo reservado, todas as informações ali presentes são de domínio público.

O projeto já recebeu inúmeras críticas e, portanto, dedicou uma página para as responder[5]. Um fator que deve ser ressaltado se refere à qualidade dos artigos na Wikipédia, por se tratar de um projeto com dedicação voluntária algumas áreas não contam com a colaboração de pessoas com maior conhecimento. Os pesquisadores costumam escrever em meios acadêmicos e para outros pesquisadores, já na Wikipédia há de se escrever para todos, aceitar a intervenção de qualquer pessoa e se dispor a trabalhar pelo consenso mesmo que haja um prévio julgamento que esteja certo. Outro alvo das críticas ao site são artigos com poucas informações ou, ainda, informações incorretas, para responder essas críticas indicam que a página está em permanente processo de construção, nada é imutável e deve ser tido como verdade absoluta. Um artigo que está correto num dia pode se tornar errado no dia seguinte e será corrigido na medida em que houver o interesse de alguém por aquele assunto e pré- disposição para corrigir. Ou seja, um artigo somente estará errado enquanto não existir uma procura por aquele tema. Cada pessoa que buscar uma informação no site deve fazê-lo de maneira crítica, objetivando não somente coletar informações ali, mas também contribuir com o que já sabe sobre o assunto. Esse é um esboço da proposta que direciona a Wikipédia em língua portuguesa e de acordo com as informações disponíveis no portal do projeto.

Notas[editar]

  1. <http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikipedia:Administradores> Acesso em 22 mai. 2008.
  2. <http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikipedia:Burocratas> Acesso em 22 mai. 2008.
  3. <http://stats.wikimedia.org/PT/TablesWikipediaPT.htm> Acesso em 22 mai. 2008.
  4. <http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikipedia:O que a Wikipédia não é> Acesso em 22 mai. 2008.
  5. <http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikipedia:Respostas aos críticos> Acesso em 22 mai. 2008.