Canção 10 de Agosto

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Canção 10 de Agosto
Letra por Coronel PM Rubens Mendes de Moraes
Melodia por 2° Tenente PM Músico Antônio Alberto Ramos
Oficializada pela Portaria do Comando Geral n° 995, de 20 de dezembro de 1982.
Partitura PMPR 1.png
Partitura PMPR 2.png
Partitura PMPR 3.png
Partitura PMPR 4.png

Polícia Militar paranaense
De tão brava e tão nobre tradição
Ao Brasil nossa vida pertence
E a ti servimos por brio e vocação.
Que sejas como sempre este templo
Venerado através de gerações,
Onde o civismo impera e é o exemplo
Que nos prende e aquece os corações.

Estribilho:
Salve, salve Milícia querida!
Eia, avante colosso de glória!
Que prossiga pujante, aguerrida,
E que brilhes para sempre na História!

Esta farda que com honra envergamos,
Orgulhosos das missões consagradas,
Representa a paz que preservamos
Nas cidades, nas matas e estradas.
Mas, se a negra presença da guerra
A unidade da patria ofender,
Palmo a palmo, no gládio, esta terra
Saberemos também defender!

Declamado:
Milicianos
Se às armas
O chamado da Pátria ocorrer,
Em combate
Pela honra
Do Brasil não importa morrer!

Assobiado:
Tema musical do estribilho.

Salve, salve Milícia querida!
Eia, avante colosso de glória!
Que prossiga pujante, aguerrida,
E que brilhes para sempre na História!

Brado final:
Avante PMPR!
Hurra! Hurra! Hurra!