Carta "Minha Amada Imortal"

Wikisource, a biblioteca livre
Ir para: navegação, pesquisa
Carta "Minha Amada Imortal"
por Ludwig van Beethoven
Carta escrita por Beethoven a uma de suas amantes, até hoje desconhecida:


"Meu anjo, meu tudo, meu próprio ser! Podemos mudar o fato de que és inteiramente minha e eu inteiramente teu? Fica calma, que só contemplando nossa existência com olhos atentos e tranqüilos podemos atingir nosso objetivo de viver juntos. Continua a me amar, não duvida nunca do fidelíssimo coração de teu amado L., Eternamente teu, eternamente minha, eternamente nossos."