Cidades Mortas

Wikisource, a biblioteca livre

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cidades Mortas (1921) - Capa.jpg
MONTEIRO LOBATO



CIDADES MORTAS
(CONTOS E IMPRESSÕES)


TERCEIRA EDIÇÃO
9º MILHEIRO




MONTEIRO LOBATO & Cia.
Editores — S. Paulo
1921
Este livro reflecte a alma de ltaóca, e um bocado a de S. Paulo.

— Mas Itaóca onde é?

— Em toda parte. Em toda parte onde uma cidadezinha vegeta de cócaras ante um coronel da guarda, um vigario e uma queda de truco que não tem fim.

Coitadinha de Itaóca! Já foi; não é, Vive do passado, a rememoral-o, saudosa, sem esperanças de futuro. Si a estrada de ferro viesse... Si viesse o telegrapho... Si... Si.
 

Esta obra está em domínio público em países onde os direitos autorais expiram 70 anos após o falecimento do autor.


Nuvola apps important.svg
Caso seja uma obra publicada pela primeira vez entre 1923 e 1977, certamente não estará em domínio público nos Estados Unidos da América
 

Todas as obras publicadas antes de 1º de Janeiro de 1927, independentemente do país de origem, se encontram em domínio público.


A informação acima será válida apenas para usos nos Estados Unidos — o que inclui a disponibilização no Wikisource. (detalhes)

Utilize esta marcação apenas se não for possível apresentar outro raciocínio para a manutenção da obra. (mais...)