Comparação do rosto de medusa com o de Anarda

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Comparação do rosto de medusa com o de Anarda
por Manuel Botelho de Oliveira


Contra amorosas venturas
É de Medusa teu rosto,
E por castigo do gosto
São cobras as iras duras;
As transformações seguras
Acharás em meus amores;
Pois ficando nos ardores
Todo mudado em finezas,
Sou firme pedra às tristezas,
Sou dura pedra aos rigores.