Comparação dos gigantes com os pensamentos amorosos

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Comparação dos gigantes com os pensamentos amorosos
por Manuel Botelho de Oliveira


Ao Céu de Anarda lustroso
Com montes de vãos intentos
Subiram meus pensamentos
Gigantes, no ardor queixoso;
Fulminou logo o penoso
Castigo de desfavores
Apesar de altos primores;
Que em merecidos desmaios
Seus rigores foram raios
Etnas foram meus ardores.