Comparações no rigor de Anarda

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Comparações no rigor de Anarda
por Manuel Botelho de Oliveira


Quando Anarda me desdenha
Afetos de um coração,
É diamante Anarda? não,
Não diamante, porque é penha;
Penha não, porque se empenha,
Qual Áspid' seu rigor forte;
Áspid' não, que tem por sorte
Ser qual tigre na crueza;
Tigre não, que na fereza
Tem todo o império da Morte.